Abordagem política e militar do Caso de Cabinda compromete e agrava posição política e diplomática do estado de angola.
Liberdade e independência para Cabinda já.
 
 
Na semana passada, a Resitência de Cabinda (Frente de libetação do estado de Cabinda abateu o Comandante das forças de ocupação do quartel de Buco -zau num ataque que vitimou mais de dezena de tropas  angolanas de ocupação de Cabinda. Muitas armas foram recuperadas pela A informação provem e está confirmada pelo chefe do estado -Maior da Flec( Comandante Nhemba Pirilampo).
 
A flec perdeu 3 homens ( combatentes da  liberdade , heróis da luta pela emancipação política integral  -independência - de Cabinda).


Entretanto, a ajuda humanitária corrupta de Antoine Bemba Nzita para os refugiados de Cabinda residentes no acampamento de SEKE -ZOLA em troca de um repatriamento forçado e de apoio político a facção degradada de Antoine Nzita, foi categóricamente rejeitada pelos refugiados ás ordens do Chefe do Acampamento o Ilustre senhor Mateus Massanga.

 

Esta atitude cívica de grande consciência e dignidade política está a custar-lhe fortes ameaças  e  grande perseguição por partes de algumas autoridades Congolesas da região, comprometidas com o governo de angola na ocupação de Cabinda.
 
Quinta Ngaka. Antoine Nzita, Guillaume Taty, e Gieskes não tem como Missão abastecer os refugiados de Cabinda e exirgir -lhe em troca o retorno à Cabinda ou o seu apio político por conta do mpla para satisfazer interesses privados.
 
Compete ao Alto comissariado das Nações Unidas para os refugiados canalizar ajuda e proteger os refugiados do mundo e em particular os de de Cabinda contra as investidas dos agentes da ocupação á soldo do mpla e do seu regime de ocupação daquele território da Africa Central ainda por descolonizar.
 
O povo e os refugiados de Cabinda têm dignidade humana, humanitária e consciência política. O povo,a causa e resistência e a dignidade política e humana de Cabinda  e dos refugiados de Cabinda não estão à venda.
 
Fonte estado maior da Flec.
 
Senador Barros.