ANGOLA, O PRESIDENTE EDUARDO DOS SANTOS, O GENERAL KOPELIPA E O MPLA MOSTRAM A VERDADEIRA FACE DA AGENDA DA PAZ E DO MEMORANDO DE ENTENDIMENTO E DAS BADALADAS NEGOCIAÇÕES POLÍTICAS PARA O CONFLITO DE CABINDA.

A DEMOCRACIA ANGOLANA SEM LIVRE EXPRESSÃO PERSEQUE ACTIVISTAS DOS DIREITOS HUMANOS E INDEPENDENTISTAS DE CABINDA.

UMA DEMOCRACIA QUE QUE NÃO PROTEGE MARCHAS E MANIFESTAÇÕES PACÍFICAS NÃO É UMA DEMOCRACIA E NÃO TEM CREDIBILIDADE

A COMUNIDADE INTERNACIONAL QUE OBSERVA IMPÁVIDA E SERENA  O ESTADO DE CABINDA (CONFLITO ARMADO, IMPUNIDADE, INSEGURANÇA MILITAR E POLICIAL, PRECARIEDADE DEMOCRÁTICA, SUBDESENVOLVIMENTO ECONÓMICO E VIOLAÇÃO PERMANENTE E SISTEMÁTICA DOS DIREITOS HUMANOS, ELEIÇÕES NUNCA LIVRES NEM JUSTAS) TARDA EM APOIAR UM PROCESSO JUSTO E CREDÍVEL DE RESOLUÇÃO DEMOCRÁTICA DO PROBLEMA DE CABINDA ( OCUPAÇÃO ANGOLANA E SUB-DESENVOLVIMENTO)

 

A CAMPANHA  ELEITORAL E DE NEGOCIAÇÕES POLÍTICAS PARA CABINDA  DO PRESIDENTE  EDUARDO DOS SANTOS E DO MPLA JÁ ESTÁ EM CURSO E ANUNCIA  AS SUAS CORES.

O POVO DE CABINDA, A JUVENTUDE SÓ TEM É QUE RESISTIR, POIS TUDO DEVE MUDAR EM CABINDA, PARA MELHOR, OBVIAMENTE.

O PARLAMENTO ANGOLANO DEVE SAIR DA INÉRCIA DEMOCRÁTICA E ENFRENTAR E DEBATER O  CONFLITO E A SOLUÇÃO DE CABINDA.. É URGENTE.

 

CABINDA, 14 MARÇO 2015