Não recebem salários há sete meses e alguns já perderam as suas casas
Em Cabinda, mais de 40 trabalhadores da empresa de saneamento básico Masafa entraram  em greve. Motivo: Há sete meses que nâo têm salário. Além do salário em falta, os trabalhadores queixam-se de não ter assistência médica, questão grave tendo em conta a exposição a diversos perigos no seu trabalho.

"Todos os hospitais de Cabinda, maternidade, ruas (...) nós limpamos, recolhemos cães mortos em decomposição, sem condições de trabalho, e os dirigentes não querem saber", disse um dos trabalhadores em anonimato.
Alguns trabalhadores foram expulsos das casas, por não pagarem  a renda. "Estou com seis filhos, esposa ao relento", disse um deles. Os trabalhadores disseram à que a empresa não dá nenhuma indicação sobre a data do pagamento. A  soube de uma  fonte da empresa Masafa que o problema está do lado do governo, com o qual não conseguimos falar.