O activista angolano Marcos Mavungo foi detido no passado 14 de Março encontra-se há precisamente cinco meses em prisão preventiva acusado de rebelião, tentativa de golpe de Estado e atentado conta o Presidente angolano.

Francisco Luemba é o advogado de Marcos Mavungo descreve-nos o estado de saúde do activista angolano cada vez mais frágil - num momento em que aguardam a notificação por parte da justiça angola para dar início ao julgamento.

"Confirmo que Marcos Mavungo está preso desde 14 de Março. Posso dizer que ele continua em prisão preventiva já não na fase instrutória. Espero, sinceramente, que no decorrer da próxima semana nós possamos ser notificados tendo em conta os prazos e tendo em conta a sua situação cadastral - ele está detido e acho que o julgamento deve iniciar-se ainda no decorrer deste mês," descreveu o advogado de Marcos Mavungo e activista de Direitos Humanos.

Marcos Mavungo sofre de problemas cardíacos e viu o seu estado de saúde deteriorar-se.

"Eu estive com ele, pela última vez, no sábado e não sou apenas eu, mas praticamente todas as pessoas que o vêem constatam esta contradição; é que o seu aspecto exterior parece bom. No entanto, a mim disse-me que sente o coração cada vez mais fraco. Eu também segui uma declaração da sua médica (que dizia) que o seu estado de saúde não é de maneira nenhuma bom", afirmou Francisco Luemba.