/ CONSELHO NACIONAL DO POVO DE CABINDA ( NKOTO - LIKANDA) APOIADO PELO GOVERNO REVOLUCIONÁRIO DE CABINDA NO EXÍLIO DE UNIDADE PATRIÓTICA FIEL LINHA  IDEOLÓGICA E PROGRAMÁTICA DEFINIDO NO NOVO PROJECTO PARA CABINDA PARA A LUTA E A RESISTÊNCIA NACIONAIS DO POVO DE CABINDA, SEMPRE NA LINHA  ORIGINAL DO NOSSO CONCEITUADO E PRESTIGIADO MOVIMENTO INDEPENDENTISTA DE CABINDA ( A FLEC) E AO PROGRAMA DE GOVERNO  APROVADO EM 2013 EM LISBOA PELO CONSELHO NACIONAL ESTÁ A DESENVOLVER ESFORÇOS NO SENTIDO DE DINAMIZAR OS PRECEITOS DEFENDIDOS NA ÚLTIMA COMUNICAÇÃO PRESIDENCIAL DE 1º DE FEVEREIRO QUE ENFATIZA A NECESSIDADE E A URGÊNCIA DO CONSENSO NACIONAL EM TORNO DA IMPERATIVA TRANSIÇÃO DEMOCRÁTICA INTERNACIONAL E INDEPENDENTISTA NO TERRITÓRIO / PROTECTORADO/ PROTECTORADO N/ NAÇÃO DE CABINDA ILEGAL E ILEGITIMAMENTE OCUPADO EM 1974 E POSTERIORMENTE FORMALMENTE ANEXADO POR ANGOLA SEM O CONSENTIMENTO DO POVO DE CABINDA CUJA VONTADE ÚNICA E PERENE CONSTA DE FORMA INDELÉVEL NO TRATADO DE SIMULAMBUCO NOS SEGUINTES TERMOS : NESTA DATA CABINDA  FOI INTEGRADA NA NAÇÃO PORTUGUESA E NÃO ANGOLANA. A VONTADE SOBERANA E OS DIREITOS FUNDAMENTAIS DO POVO DE CABINDA BEM COMO A SUA IDENTIDADE POLÍTICA NACIONAIS DO POVO DE CABINDA NÃO PODEM,NEM DEVEM SER SUSPENSOS, ALIENADOS E CONFISCADOS PELA FORÇAS DAS ARMAS E DA CORRUPÇÃO POLÍTICA QUE MINAM OS PROJECTOS POLÍTICOS DE ANGOLA SOBRE CABINDA DESIGNADAMENTE A MÁ GOVERNAÇÃO, A OPRESSÃO, A REPRESSÃO, A ESPOLIAÇÃO , A DESTRUIÇÃO E O EMPOBRECIMENTO ESTRUTURAL PROGRAMADO E DELIBERADO DO TERRITÓRIO E DO POVO DE CABINDA. NESTE CONTEXTO A FLEC ESTÁ A DESENVOLVER ESFORÇOS NO SENTIDO DE FORMAR UM GOVERNO DE TRANSIÇÃO PARA CABINDA E DE UNIDADE PATRIÓTICA NACIONAL SOB A AUTORIDADE POLÍTICA DE TRANSIÇÃO INTERNACIONAL PARA  CABINDA UMA ENTIDADE QUADRIPARTIDA 

 

CABINDA, 3 DE MARÇO 2016

FLEC

CONSELHO NACIONAL DO POVO DE CABINDA ( NKOTO - LIKANDA)

A DIRECÇÃO POLÍTICA .

O SECRETÁRIO DA COMISSÃO POLÍTICA NACIONAL

PAULO PUNA TATI