O presidente Abdoulaye Wade perdeu a eleição presidencial de domingo no Senegal. Em 85 anos, Wade foi presidente do país Oeste Africano durante doze anos, mas foi derrotado por seu ex-aliado, o ex-primeiro-ministro Macky Sall, ao tentar obter um terceiro mandato.

Wade venceu o primeiro turno das eleições presidenciais. Conforme relatado pela comissão eleitoral nacional do Senegal, Abdoulaye Wade obteve 34,82% dos votos (942.546), enquanto seu principal rival, Macky Sall, ganhou um 26,57% (719.369) dos votos no primeiro turno em 27 de fevereiro.

Os outros candidatos que participaram do primeiro turno do lado de Sall, que poderia ter conseguido duas vezes tantos votos sobre Wade, durante a segunda rodada de domingo.

Wade reconheceu a derrota em um discurso televisionado na noite de domingo e disse que tinha chamado para parabenizá-lo vitória Sall.

As eleições presidenciais foram desenvolvidas em meio a um clima tenso após a repressão vivida nas últimas semanas em manifestações pacíficas em Dakar centro da cidade, com dezenas de detenções de dissidentes e manifestantes e pelo menos seis mortos.