Entrevistador participou do programa da rede CBS durante 40 anos


O jornalista norte-americano Mike Wallace, de 93 anos, ícone do programa 60 Minutes e um dos entrevistadores mais famosos da televisão dos EUA, faleceu neste domingo (07/04) em um hospital do Estado de Connecticut, informou a rede CBS.

Em comunicado, a emissora lamentou a perda de um de seus jornalistas mais reconhecidos, que trabalhou durante mais de quatro décadas como apresentador do célebre programa de entrevistas e jornalismo investigativo 60 Minutes.

Com seu estilo incisivo de entrevistar, Wallace transformou o 60 Minutes em um dos programas mais prestigiados e assistidos da televisão americana a partir de 1968.

Wallace, que desde 2006 era correspondente emérito de CBS, entrevistou alguns dos principais protagonistas mundiais na segunda metade do século XX, desde governantes a celebridades.

Em 2006, Wallace entrevistou o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, e continuou trabalhando menos intensamente até 2008, quando realizou seu último programa com uma reportagem sobre Roger Clemens, um jogador de basquete acusado de doping.

"A extraordinária contribuição de Wallace como repórter televisivo não tem medida, já que foi uma força dentro da televisão desde suas origens", afirmou Leslie Moonves, presidente da CBS Corporation.