Presidente do parlamento angolano enviou carta ao seu homólogo europeu sobre a questão dos direitos humanos.

O líder da bancada parlamentar do MPLA, Virgílio de Fontes Pereira, entregou hoje uma carta do presidente do parlamento angolano ao presidente do Parlamento Europeu repudiando uma recente resolução da assembleia europeia que condena a situação dos direitos humanos em Angola.
Fontes Pereira encontra-se em Bruxelas para participar na assembleia parlamentar da Africa Caraíbas e Pacífico (ACP).
O deputado do MPLA disse que o relatório em que a resolução do parlamento europeu foi baseada na “manipulação de factos”.
Por outro lado, ele disse que o Parlamento Europeu não cumpriu os procedimentos “ditados pelo Acordo de Cotonou, em que se exigem um diálogo equilibrado, aprofundado entre todos".