A Organização Mundial de Saúde(ONS) revelou hoje, 22,  que o vírus do ébola matou 7.518 pessoas, de um total de 19.340 infetados nos três países mais afetados.
Na Serra Leoa, o ébola provocou a morte a 2.556 pessoas e a infeção a 8.939.
A Libéria tem 7.830 casos registados, com 3.376 mortes, e a Guiné-Conacri já teve 2.571 casos, com 1.586 mortes.
Além dos três países mais afetados, o balanço de vítimas mortais manteve-se inalterado: seis no Mali, uma nos Estados Unidos e oito na Nigéria.
No Senegal e em Espanha, países que registaram, respetivamente, apenas um caso e que foram declarados como livres do vírus do ébola, não foram verificadas vítimas mortais.
A OMS indicou ainda que, ao longo da actual epidemia, os profissionais de saúde também foram afectados pela doença. Há registo de 649 profissionais de saúde infetados com o vírus, dos quais 365 morreram.